27/01/11

Não me sinto nada aqui, sinto-me como que a flutuar longe de mim, longe da realidade. E, estranhamente, isso não é bom. Traz-me medo, não conforto, porque sei que estou a um passo de voltar a mim e vai me doer tudo de uma vez. Estúpidos mecanismos de defesa. Sim, construí uma bolha.

5 comentários:

Francisco Almeida disse...

So did I.

Francisco Almeida disse...

E é em alturas como esta que me ponho a pensar que vivemos todos por ciclos.

Francisco Almeida disse...

Tens razão, mas eu não falei em determinismos. Falei em ciclos. Por nossa culpa e não porque está determinado. (Aquela ideia de que as pessoas mudam?)

Francisco Almeida disse...

Sim. Exactamente. Precisava de confirmar essa ideia. :)

Francisco Almeida disse...

:) Hum... Haver ciclos, há. Mas as pessoas têm controlo sobre eles. E só têm controlo sobre eles até perceberem que podem ter esse controlo. Se não se aperceberem, sim, vivem em ciclos. Alguma vez viste aquele estudo que falava sobre as pessoas terem a tendência para repetir os mesmos erros duas vezes antes de os interiorizarem e tomarem alguma acção? Ou então já estou a aldrabar dados, vou mas é procurá-lo.