30/04/11

i am waiting till i don't know when

Há muito tempo que sentia o bater do coração sufocante na garganta. Tu fizeste-o bater perto da barriga, aquele bater que traz histórias para sonhar antes de adormecer. Obrigada.

2 comentários:

catarina disse...

Percebo. E muito, muito obrigada :3

Le Jaque disse...

Uau, Inês. Eu já cá não vinha há milénios. Fico contente de ver que continuaste com o teu blogue :)
Não consigo perceber como! Seriously! Eu já há tanto tempo que não escrevo nada. De jeito, pelo menos. Tento, mas não dá. E tu, sempre à carga. Acho que fazes bem :) Eu estou a pensar em voltar a fazer um. Mas algo diferente do que fiz. Com o tempo, talvez consiga concretizar/pensar em qualquer coisa :)
continuação *