04/04/11

O que antes me fascinava nas pessoas agora apenas me irrita.

1 comentário:

Delessi disse...

+1. Inês (não sei se te importas que eu te trate pelo teu nome), descobri recentemente que a chave para não me irritar é o silêncio ou então fingir que essas pessoas não estão lá.