02/06/09

Enganos de um sentimento

Como quando nós pegámos no mundo como se fosse só nosso e o escondemos de toda a gente. Ninguém o pôde ver mais. Ninguém o pôde viver. E depois rimo-nos de todos, como se partilhássemos algo que nunca ninguém antes viu. Quão iludidos estávamos! Nada é segredo, pois tudo já aconteceu antes. Não somos únicos: o que sentimos não é restrito. E por isso não posso nunca dizer que és particular. Pois não és. És nada mais do que um igual aos outros. E eu?


Eu sou uma como todas aquelas que pisaram o teu chão.

2 de Junho de 09

4 comentários:

Péssima Estreia disse...

'Eu sou uma como todas aquelas que pisaram o teu chão.'
isto faz-me lembrar alguma coisa, não sei o quê

Péssima Estreia disse...

ya isso é normal. isso também me acontece.
mas essa frase é daquelas que ouvimos e não esquecemos, é brutaaaaal

Péssima Estreia disse...

vou-me mudar de malas e bagagens para este mundo!

Péssima Estreia disse...

ahah :D eu dou-te uma nos anos, não te preocupes!
tenho aqui muitas fotos com árvores, vou pondo aos pouquinhos só para ti x)*