04/07/09

A história da nossa passagem

A melodia ecoa na sala vazia e infértil
Ilustrando a nossa passagem,
Porque nem tudo se transpõe em palavras
E estas palavras não existem
Teríamos de as inventar.
E a melodia prossegue, ressoando
No vácuo da nossas mentes
Enchendo-as de memórias
Da nossa passagem.
Pelo tempo que desperdiçámos
Com palavras ocas, triviais e comuns,
Tentando descrever o indescritível,
Verbalizar o coração,
Vamos reescrever
A história da nossa passagem.
Não vamos desperdiçar as letras
Nem perturbar o silêncio
Com palavras que se perderam.
Não. Vamos reescrevê-la com melodias.
Deixemos os verbos de parte,
Na história da nossa passagem.
4 de Julho de 2009

3 comentários:

Péssima Estreia disse...

'Porque nem tudo se transpõe em palavras
E estas palavras não existem
Teríamos de as inventar.' ^^

Péssima Estreia disse...

é bom quando isso nos acontece pelos bons motivos. mas quando isso me acontece normalmente eu perco oportunidades fulcrais e depois arrependo-me :\

Péssima Estreia disse...

ya. há casos que vai dar ao mesmo