21/06/09

Negação

Tudo é permanente.
Algumas coisas vamos esquecendo,
Embrulhando em rituais,
Enterrando no profundo,
Sobrepondo e camuflando,
Mas nada se perde realmente.
E um dia, inevitavelmente,
Tudo regressa nós
E os erros que fizemos por esquecer
Serão pagos a dobrar.

Não se pode reescrever o passado
Não se pode apagar o que está feito
Não se pode esquecer de verdade,
Mesmo o que fizemos por apagar.

20 de Junho de 2009

5 comentários:

Péssima Estreia disse...

'Mas nada se perde realmente.
E um dia, inevitavelmente,
Tudo regressa nós'

brutal!

Péssima Estreia disse...

pois, os ultimos 5 versos.. :\

obrigada.

Péssima Estreia disse...

eu também gostei daquelas fotos x)

Péssima Estreia disse...

obrigada :)

beatriz c. disse...

oh, obrigada :D
depende da fotografia que estás a falar --' é que tenho por aqui muitas fotos com ramos de árvore 8D mas se estás a falar da que está aqui de lado, debaixo de uma com umas pernas, então não é minha :) *